sábado, 27 de junho de 2015

Um ano


Nossa boda de papel, meu bem!
Esperei um ano pra te dizer isso
Que hoje...
Algo que começou com escritos no papel
É escrito no pano estrelado
Que nos une para nossos encontros.

Um ano, meu amor!
Há um ano descobri o gosto do verdadeiro amor...
E ele é tão bom
Que quase há um ano o espero para senti-lo de novo.

Nossa boda de papel, meu bem!
E que no papel estejam sempre nossas histórias
Para que entremos para a História 
Das mais lindas histórias de amor.
Um poeta e uma não poetisa.
Oh, meu príncipe... meu sonho de crescida
De contos de fadas...

E para que tudo não seja "um ano"...
Sonho com sua chegada em um alazão branco, meu príncipe
Daqui um mês (e dois dias)
Para uma vida de felizes pra sempre, do nosso jeito!

Por hoje apenas te amo... quero te amar... meu amor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário